Mukeka Di Rato

Mukeka Di Rato


Mukeka di Rato, banda de Espírito Santo NASCIDA EM 1995, influenciada por Dead Kennedy nas letras sarcásticas, e no som por FYP. Rock poluído desgracento, três discos lançados e muitas participações em coletâneas nacionais e internacionais. Uma das maiores e a mais criativa banda do Brasil, que nunca se deixou levar por movimentos, estilos e modismo em geral…Com vocês a primeira entrevista do site IDEAL DISTRO com:

MUKEKA DI RATO: OS ROCKEIROS DO MAL!!! (risos)

1- Olá Mukekas, obrigado desde já pela entrevista. Vamos lá, digam um pouco como está a banda hoje em dia e o que pretendem fazer para 2004?

Mozine: 2004 vamos tocar bem menos que 2001, 2002, 2003 .. sei lá.. Nesses anos ai a gente tocou igual uns doido sem rumo, posso te falar que nós fazia uns 6 shows por mês ou mais, esse ano vamos dar uma boa sossegada e tentar tocar mais em Vila Velha e no E.S em geral, em março sai nosso split com Vivisick do Japão, em maio fazemos a tour com eles mais Hellnation aqui no Brasil, antes disso devemos gravar um split com Hero Disonest da Finlândia, devemos gravar um clip ou algo assim e quem sabe um disco novo até o fim do ano.

2- As letras são sarcásticas, o som pesado e sujo, digam quais foram as principais influências e o que vocês estão ouvindo no momento?.

Bicho, cada uma da banda sempre ta ouvindo as doideras, no momento eu ouço sei lá, Roberto Carlos, Infect, FYP de sempre, Widespread Bloodshed, Macucos! Hehehe, xo ver.. Motosierra, Teengenerate, Guitar Wolf, e por ai vai. Mas gosto de punk rock veio tipo Angry Samoans, Necros, Neos, Undertones, etc…

3- Vocês acham que influenciam a molecada em relação às drogas, com as músicas que tocam no assunto?

Se eu mandar você comer bosta tu vai?? Acho que cada um faz o que quer, se o moleque fuma maconha porque ouviu a musica do Mukeka (que por sinal, não fala de maconha) esse moleque é uma besta quadrada e merece morrer.

4- Estamos na tendência do Emo, e vocês nunca entraram em modismo ou coisa do gênero, o que vocês tem a dizer sobre as modas que rolam hoje em dia na cena?

É, o emo já passou né, acho que a moda agora é rock, mas tomara que passe logo pq já encheu o saco e não agüento mais ver pseudo modelinhas filhinhas de papai brincando de ser Junkie e gastando toda sua mesada com roupas de onça e rebite.

5- Faça um resumo da discografia do Mukeka: “Pasqualin”, “Gaiola” e “Acabar com você”, dizendo sobre a evolução do som. E se tiverem alguma história nos conte?

Pasqualin foi aquela historia né bicho, primeiro cd, nego não sabia nada de nada, entramos no estúdio e ficamos na mão dum louco lá, mas blz, valeu a experiência, já o gaiola deu pra fazer melhor , foi gravado aqui em Vitória, com um cara que conhecia o som da banda e gostava de barulho, deu pra fazer a coisa com mais calma, etc, o acabar com você é praticamente a mesma coisa do gaiola, a gente já sabia mais ou menos o que e como fazer.

6- Dá para viver da banda hoje em dia? Dê um toque para as bandas que estão apostando nesse mundo do rock para sobreviver.

Bicho, se você tocar tipo Cpm22, Detonautas, Charlie Brown jr, da pra viver sim, não estou falando mal dessas bandas não, só estou dizendo que o som delas é bem acessível pra rádios, etc. Agora tipo o mukeka fica mais complicado né, as vezes nois toca ai num show maior, num festival, da uma graninha e tal, ai você dividi, sei lá.. da uns 300, 400 conto pra cada nego da banda, vendo assim parece legal né.. porra.. 400 conto um show, mas ai fica sei lá.. 2 meses ganhando merreca, compra corda de baixo, 60 conto, ensaio 20 conto por semana, ai a grana vai toda, o ideal pra tentar viver de forma alternativa tendo uma banda como o mdr eh ter um empreguinho flexível e fazer o bagulho virar diversão mesmo, viver só da banda é difícil pra kct veio!

7- Além da banda vocês fazem o que?

Eu trabalho com a Laja e faço umas outras paradas ai e tal, o brek ta se formado em publicidade e ta tentando arrumar algo na área, o bb se formou em direito e trabalha com o pai dele num escritório, o paulista é formado em adiminitração, ta desempregado mas acho que passou ai num concurso do banco do Brasil, sei lá, essas coisa ai, é mais ou menos isso.

8- O Mukeka é tosco, o Merda muito mais e os Pedreiros rock and roll sujo (risos), há algo mais escondido? E quando vão sair lançamento das bandas ou show com as três juntas?

Bicho, o Merda raramente toca e no papel digamos que é uma banda só pra gravar e não pra tocar, acho que a Indayara que era do Infect vai entrar no vocal, se rolar mesmo devemos voltar a fazer show e vamos gravar um disco novo, já temos umas 20 musicas nova, o disco vai se chamar “Carlos” e vai ter o Eddie do Iron Maiden na capa. Os pedrero eh praticamente a mesma bosta só que toca. É isso que tu falou ai, rock besta, ta com um disco novo todo feito tb. Eu tinha um outro projeto com o paulista do Mukeka e o japonês do Merda chamado Geração a Jato que era um puta rock fudido, mas muito barulho tipo um guitar wolf com teengenerate, mas desandou. Muita banda ruim bicho, haja ouvido, grana pra ensaio, etc.

9- Seu selo, a Laja Records, estará trazendo uma banda do Japão. Fale sobre ela, e se o Mukeka estará em turnê também?

Provavelmente sim, só der uma merda até maio, mas tudo indica que vamos fazer os 9 shows juntos, e além do Vivisick do japão vem o Hellnation dos EUA pela segunda vez, e lançando o terceiro cd. O Vivisick toca hc veio, rápido, com vocal de moleque e muita influencia do hc japonês, que pra quem não conhece eh o bicho, acho que ai ser muito legal pra galera ver pela primeira vez no Brasil uma banda de hc japonêsa, sem contar o hellnation que eh monstruoso tb, e o mdr tudo junto por no Maximo sei la, 10, 12 conto.

10- Já apareceu alguma proposta para lançar o Mukeka fora do Brasil? E quando vocês irão fazer uma turnê lá fora?

Já foi lançando, o “Acabar com você” saiu pela Sound Pollution, temos um ep split gravado com Coche Bomba da França, vamos gravar um split ep com hero disonest da Finlândia em breve, agora em março saiu também pela sound pollution um split lp e cd com vivisick do japão, e sem contar trocentas mil coletâneas espalhadas pelo mundo, Japão, Portugal, Republica checa, algumas na América do sul, etc… Tour os caras do Coche Bomba tão doido pra levar nois pra Europa mas bicho, a banda tem que dar uma reformulada, uma ensaiada pra ir, porque ta uma bosta, show do mdr eh nego bêbado fazendo bosta só tocando tudo errado, okay, eh engraçado de ver, ou deve ser pq os caras continuam indo e rindo, mas é foda, e tem outras paradas também, nego ainda ta muito agarrado por aki cheio de problemas de grana, etc etc, tá meio embaçado a situação.

11- E alguma gravadora grande já sugeriu algo a vocês?

Graaaaaaande grande não, mas de renome sim, maiorizinhna, inclusive que tem banda muito famosa, mas sei lá.. Não rolou, acho q não vai rolar nunca, mdr não vende tanto pra estar numa gravadora grande.

12- A internet mudou a cara do hardcore, acabou a luta para conhecer novas bandas em k7, vocês são contra ou a favor da internet para bandas independentes na cena hardcore?

Velho, total a favor, rápido, de graça, fácil acesso, etc.. era foda ter umas demos e tal, mas porra, os tempos mudam meu, não da pra ficar agarrado no passado.

13- Sugira alguns discos nacionais e atuais e casas de shows para a garotada roqueira. Pode fazer um jabá para seu selo (risos)…

Hehe sem querer fazer jabá, eu realmente gosto muito das coisas que saem no selo, tipo o Vila Velha Noise Beach, que tem o Ajudanti de Papai Noel, meu, eh a melhor banda hc do Brasil, não é soh pq eu lancei, eh foda o bagulho, o que falar de Discarga por exemplo também, é muito bom o bagulho.
Casa de shows em São Paulo eu gosto do Hangar110, Volkana, Black Jack, todas essas casas nos sempre fomos muito bem recebidos e tratados, os shows são legais, etc.

14- O nome do nosso selo vem de ter um ideal, um alvo, um lugar a chegar… quais são os ideais para o Mukeka de rato?

Cara, atualmente nosso ideal é tocar, se divertir, tomar uma breja, ver os amigos, e só. Não vamos mudar porra nenhuma com banda nem com hardcore, isso tudo é mentira, hardcore é uma bosta, uma falsidade, tudo isso que tem nas letras de banda é tudo mentira, seja qual for a banda, depois todo mundo cresce e vai trabalhar num banco e comer no Mcdonalds, o lance é fazer desse tempo que você passa na banda uma coisa legal tá ligado, saudável, poder fazer um show a preço legal, fazer nego se divertir, e é lógico, pode falar alguma coisa interessante, quem mora em São paulo tipo vocês, porra. Fazer algo contra esses nazistas filho da puta e covarde do caralho que tão matando moleque de 16 anos só porque tem cabelo colorido etc, mas meu, não acredito em anarquia, vegetarianismo, comunista, porra nenhuma e o mdr esta fora disso tudo faz um bom tempo.

15- Valeu mesmo pela entrevista, agradecemos muito e fica aqui o espaço para vocês agradecerem, ou fazerem o que quiser!!!valeu…:

Velho, valeu você e toda molecada que adora nois e lê os bagulho, corre atrás, vai nos shows, manda email, etc.. É isso ai, tamo por ai tocando e. É nói, força com o zine e qualquer coisa é só escrever, abração Mozine e mdr
www.laja.com.br www.mukekadirato.com.br www.sound-pollution.com lajarex@uol.com.br
caixa postal 25519 vila velha – es cep: 29102-973