A-Ok

A-Ok


Fala aí Daniel e AOK, tudo na paz? Seguinte, tá saindo o disco novo “Samurai” pela gravadora Onelife Records, conta aí um pouco do novo disco e como vai rolar daqui para frente?

Cara esse é o nosso filho preferido, pela primeira vez sentamos os cinco e nos focamos no projeto. Esse cd vai sair muito melhor que os outros 3 em todos os aspectos, demos o sangue para superar as expectativas da galera que acompanha o trabalho da banda ( não lançamos nada de novo a muito tempo ) e principalmente para cravar de vez o estilo A-OK com personalidade no meio independente. Daqui pra frente é “ripa na chulipa” shows e shows pra divulgar o disco e continuar a saga até aonde der….

Ah, antes de tudo, por que “Samurai”?

Todo mundo vai entender a viagem quando pegar a bolacha e botar pra tocar…

Como foi assinar com a Onelife?

Foi muito legal, o Franco é um cara super profissional , daqueles caras que transpiram trabalho. O selo está com muitos projetos e a todo vapor, esse ano vai ser o ano da One Life, estamos entrando no time agora com força total e temos muito o que progredir juntos.

Há uma possível turnê?

Estamos com todas as datas fechadas até final de outubro, passando por vários estados o que é muito bom. Não conseguimos fechar muitas cidades por falta ou por coincidência de datas, mas em novembro tudo volta ao normal. Este ano vamos pro Nordeste e em setembro voltaremos pra Europa tocar o terror.

Como foi para vocês fazer uma turnê na Europa, e como rolou a recepção dos gringos?

Apavoramos os gringos, tocamos o foda-se, brasileiro é foda Embarcamos pra lá com muito receio, com muito respeito na verdade, imaginávamos uma coisa e lá aconteceu outra. Tocamos com muitas bandas boas e com muitas bandas iniciantes, a diferença é que as bandas iniciantes prezam pelo seu som, por mais simples que seja. Levam muito a sério questão de afinação e entrosamento o que muitas vezes é deixado de lado aqui no Brasil, sendo assim , por mais simples que seja o som é sempre bem executado e visto com bons olhos e com muito respeito por todos que comparecem aos shows. Tivemos shows muito bons lá e shows que não tinham quase ninguém, mas sempre demos o máximo seja pra uma ou pra 1000 pessoas, e todo mundo percebeu isso… vendemos legal pra caramba pra uma banda do Brasil que toca rock em português, fizemos muitos amigos, muita gente gostou do nosso som, por isso estamos voltando.

O site de vocês (http://www.aok.com.br/) já está todo em ritmo de “Samurai”, mas ainda não está pronto. Quando entra um site novo no ar? E o que acham da importância de site, fotolog, myspace para a banda hoje?

A maioria ou toda a parte visual da banda é feita pelo nosso parceirasso Renan Molin e segundo ele em breve o site vai estar tinindo! A internet é 99% da divulgação de uma banda independente, nunca levamos muito a sério isso pq ninguém da banda é muito chegado a ficar na internet , em casa infurnado no msn, somos mais de trocar idéia, tomar uma gelada no boteco, além do que acho que vc expõe muito a sua vida com esse Orkut, é uma invasão de privacidade fudida na verdade .. mas percebemos a importância disso para a banda e mudamos os nossos hábitos. Criei um orkut e reativei o Fotolog da banda, o retorno disso é impressionante. Acho muito legal entrar na comunidade da banda e todo dia ler as críticas, os elogios… saber aonde no país a galera tá curtindo o teu som, responder as dúvidas, acatar as críticas… Escrevi uma letra sobre esse paralelo: virtual VS pessoal , chama-se “Contato” e está disponível para download no endereço: http://www.tramavirtual.com.br/a-ok

Vocês inclusive pedem uma ajuda aos internautas para manter a banda no top 10 do trama virtual. Isso ajuda na divulgação?

Foi o Renan que colocou isso lá no site, se ajuda ou não pra falar bem a verdade ainda não sei cara, não tive nenhum retorno, mas a banda estando no bolo de toda a galera que tá em alta, mesmo fazendo um som um pouco “diferente” acho que significa alguma coisa. Sempre achamos que iria ser difícil assimilar nossa nova fase, mas não foi assim.. tá todo mundo se amarrando nas novas músicas, só estamos recebendo elogios, isso é muito gratificante depois de tanto tempo sem lançar nada de novo.

Como é ser uma banda de rock no Brasil e de forma independente?

Se você for levar a sério você não prossegue, levamos tudo na diversão, as vezes acho que deveríamos ser um pouco mais profissionais no que fazemos, mas sei lá… trabalho que nem um animal durante a semana e quando chega final de semana só quero saber de me divertir com meus amigos. Hoje em dia temos condições de exigirmos melhores contratos e condições pra tocar , mais ainda não temos condições de meter o pé em tudo e viver única e exclusivamente dos nossos shows e vendas de cds, isso é foda, pq o trabalho, a faculdade e as obrigações do dia-a-dia te tomam muito tempo, tempo esse que você poderia estar usando pra aperfeiçoar ainda mais a tua música, o teu show, material de divulgação , etc… Raramente podemos ir tocar em cidades com mais de 12 horas de viagem por questão disso… é frustrante…..sinuca de bico, mas continuamos até a água bater no pescoço, até aonde der…”Todos estão virando a folha todos os dias troque o disco….” escrevi uma música sobre essa situação também, chama-se “Encerrando Ciclos” , me baseei num texto bem legal do Paulo Coelho e está disponível para download também la no site do Trama.

Qual foi a maior roubada que a banda se meteu?

Vishi cara , banda independente tem muita história para contar ainda mais se tratando de roubada, no começo rolava direto , cansamos de dormir em rodoviária, perder ônibus, tomar calote… Naquela época dava risada de tudo, bancava do bolso e ficava por isso, hoje em dia GRAÇAS a deus e a muito trampo temos mais recursos pra escapar desse tipo de coisa.

Perguntas rapidas: respostas rapidas:

Aok? 5 amigos que fazem o que mais curtem na vida

Rock? Tá no sangue

Brasil? Muito para poucos e pouco para muitos. País maravilhoso, com o povo mais amigo e guerreiro.. é triste o comprometimento que os governantes tem para com esse povo.

Livro? Vishi cara , não tenho “o” livro preferido… cada um tem a sua mensagem… ultimamente tenho lido mais ficção para viajar um pouco e me desligar dos compromissos, descobri um canal de livros em PDF na net agora, to bem.

Hexa campeão? Se tirarem uma das 2 torres gêmeas lá da frente acredito que vai.

Lula? Votei nele e hoje quando olho no olho dele ainda vejo sinceridade, pelo que eu já li e leio hoje acredito que não depende só dele governar essa província que tá a tantos anos está na mão de um único grupo de pessoas, acho que seria difícil para qualquer pessoa de boa fé, sei lá… com aquela câmara podre, com tanta gente de má fé envolvida na imprensa, incluse no seu próprio partido;;; posso estar falando besteira …. acredito nele

Quem da banda dá mais trabalho?

Raphael Guarneri – Querido

E o beijo vai para quem?

Pro meu pai, pra minha mãe e especialmente pra vc.

Deixe aí o fotolog, trama, site, myspace, caixa postal e tudo que puder =) , valeu e sucesso!

Obrigadão pelo espaço e pela entrevista, agradeço aqui em nome dos meus amigos de banda o carinho e as mensagens de incentivo !! Abração a todos

http://www.fotolog.net/aokrock
http://www.aok.com.br
http://www.tramavirtual.com.br/a-ok