Rock In Rio!


Muito bom ROCK ‘N ROLL para todo mundo!!

Hoje ocorreu a primeira venda para dos cards para o Rock in Rio (torcendo para que tenham mais vendas, pois eu, por exemplo, ainda não consegui comprar o meu…)

Pessoas sem ingresso à parte, para quem não sabe o Rock in Rio foi um evento que realmente já deu muito o que falar.

A 1ª Edição do Rock in Rio que ocorreu no Brasil, foi no ano de 1985, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro, nos dias 11 a 21 de Janeiro, e pode-se até mesmo dizer que essa data foi um marco histórico para muitos brasileiros, principalmente no que se diz respeito à música.

Quem se arrisca um pouco em história, deve saber que o Rock in Rio teve sua primeira edição justamente no último ano de Ditadura Militar no Brasil, sendo visto como um marco da liberdade no país, onde a música deixava de ser censurada e muito bem representada por bandas lendárias.

Durante a ditadura, as informações eram fortemente manipuladas, dificultando muito o acesso a cultura. Dentre esses movimentos, prejudicou também, a indústria da música.

Mas então tudo pareceu ter mudado naquele ano. O Rock in Rio simplesmente uniu bandas que são conceituadas e respeitadas até hoje. Queen, Scorpions, AC/DC, Whitesnake, Ozzy Osbourne, Iron Maiden, entre outros… Além de clássicos brasileiros como Rita Lee, Ney Matogrosso e Paralamas do Sucesso, por exemplo.

Assistam então um trecho de um documentário feito em 2007, Global Metal (recomendadíssimo).

O documentário mostra a longa saga de Sam Sunn, passando por diversos países com a finalidade de mostrar como o heavy metal repercutiu diante da globalização. Sua primeira parte fala sobre o Rock in Rio em 1985 no Brasil e o que esse evento representou para um país que simplesmente viveu durante uma ditadura por 20 anos.

Claro que não podemos deixar de sentir inveja de quem viveu aquele momento.


Já, a 2ª edição do Rock in Rio ocorreu no ano de 1991, no Maracanã, Rio de Janeiro, entre 18 e 27 de Janeiro e contou com a presença de Billy Idol, Faith no More, Guns n’ Roses, Judas Priest. Prince, Santana, etc… Além de Lobão, Paulo Ricardo, Sepultura, Supla…

Reza a lenda que o dito pai do Rock in Rio, Roberto Medina, havia sido sequestrado por 13 dias, mas apesar do susto, após uma semana do ocorrido, Medina já começou a apresentar os projetos para a 2ª edição do Rock in Rio.

Naquele ano, a banda de peso foi Guns ‘n Roses, gerando polêmicas como sempre.

Tudo começou com o suposto sumiço de Axl Rose. Alegaram não o terem visto embarcar no Rio de Janeiro, mas o notável vocalista havia sim embarcado na cidade maravilhosa no dia 19 de Janeiro, porém, para apimentar ainda mais as coisas, no momento do show, a banda simplesmente fez o “favor” de esquecer Axl no hotel.

Porém, apesar dos impasses, Guns ‘n Roses subiu aos palcos do Maracanã levando o público à loucura.

Não bastava apenas um show incrível, Axl tinha que causar mais polêmica:

“Enquanto a banda se dirigia ao hotel, o vocalista resolveu ficar. Amin Khader se aproximou e perguntou se ele desejaria que a macarronada solicitada fosse enviada para o local onde estava hospedado. Então Axl resolveu convidar todos os funcionários (varredores, camareiras, seguranças, copeiras, garçons e outros funcionários) a participar do banquete oferecido por ele. Eis que Roberto Medina entra no camarim e se depara com a cena prosaica e quase não acredita no que vê: Vossa Alteza Axl Rose jantando com os plebeus. Histórias do Rock In Rio.” – MTV Rockline

Vamos combinar que bem que poderiam ter gravado essa cena, não?

Continuando…

E foi somente após 10 anos que Rock In Rio teve a sua 3ª Edição no Brasil.

A programação contou com Foo Fighters, Guns N’ Roses, Iron Maiden, Neil Young, Oasis, Papa Roach, Queens of The Stone Age, Red Hot Chili Peppers, REM, Halford, Sting, Sheryl Crow e Silver Chair… Entre outros… Enquanto Barão Vermelho, Capital Inicial, Cássia Eller, Engenheiros do Hawai, Ira, Ultraje a Rigor, Kid Abelha e Sepultura também ganhavam destaque nos palcos.

A 3ª Edição ocorreu em Jacarepaguá, entre 12 e 21 de Janeiro de 2001.

Tal edição teve como destaque as tendas de música, que era uma novidade, já que não ocorreram nos eventos anteriores.

O evento trouxe como tema “Por um mundo melhor”.

O público fez 5 minutos de silêncio antes do início das apresentações no primeiro dia do evento. Às 19 horas daquele mesmo dia, três mil rádios e 522 TVs silenciaram pela melhoria do mundo. O início e o fim do ato foram marcados pelo toque de sinos e pela libertação de pombas brancas, representando um pedido pela paz mundial.

Lindo, não?

Vale a pena ressaltar que o show do Iron Maiden nessa edição do Rock In Rio, transformou-se em um DVD da banda, em 2002, marcando o fim da carreira Brave New World.

Ano passado, Rock In Rio esteve em nossos palcos, e contou com artistas como Elton John, Stevie Wonder, Red Hot Chili Peppers, Stone Sour, Metallica, Slipknot, Motörhead, Coheed, Cambria, Sepultura e Angra, Tarja Turunen, entre outros.

O evento ocorreu nos dias 23, 24, 25 e 30 de setembro e 1 e 2 de outubro, também no Rio de Janeiro.

Claro que como em todo Rock In Rio tinha que ter algo para acontecer e se destacar.

Considerado o melhor show do evento, Steve Wonder encantou a todos com covers de “Garota de Ipanema” de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, e também, “Você abusou”, de Antonio Carlos e Jocafi, conhecida na interpretação de Toquinho.

E agora?

Por enquanto, para a galera toda do rock já temos confirmadas as presenças de Metallica, Iron Maiden e Bruce Springsteen & The E Street Band.

Quem aí felizmente já conseguiu seu Rock in Rio Card nos primeiros 52 minutos de venda?!

Comentem: Quais são as expectativas para o Rock In Rio 2013?!


Não deixe de ler!

Clique nas imagens e viaje pelo mundo do Rock In Rio.