Parabéns Madruguinha!


Ramón Valdés, o ator que deu vida ao Seu Madruga na série Chaves, faria hoje (2) se estivesse vivo, 90 anos. Nascido na Cidade do México em 1923, Ramón morreu em 9 de agosto de 1988, aos 64 anos, vítima de um câncer no estômago que acabou se espalhando para outros órgãos.

O ator, no entanto, continua eternizado na série, que desde 1984 é exibida no SBT. Como homenagem a gente trouxe aqui pro blog algumas das principais frases ditas pelo mito, cujo principal lema era “Não existe trabalho ruim, o ruim é ter que trabalhar”

“O que é que foi, que que foi, que que há?”

“A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena”

“Mas tinha que ser o Chaves mesmo!”

“Tenha barriga, senhor Paciência… Digo, tenha paciência, Senhor Barriga”

”Olha, Quico, diga à sua mãe que na salada a gente coloca vinagre, e não cachaça”

“Atores vemos, costumes não sabemos”

“As dívidas são sagradas”

“São todas assim: começam ficando com o chapéu e acabam ficando com a carteira”

“Quando a fome aperta, a vergonha afrouxa”

“Não há nada mais trabalhoso do que viver sem trabalhar”

“Não existe trabalho ruim, o ruim é ter que trabalhar”

“Ora seu…”

Lembram de mais alguma?! Manda aí nos comentários, no Facebook ou no Twitter!

Confira nossos produtos relacionados: